Certidão
Diretoria
Documentação Homologação
Estrutura
Quem Representamos
Quem Somos
Instruções para o Preenchimento
Anot. em Ficha ou Livro de Registro
Categoria Diferenciada
Concorrência Pública - Participação
Contribuição dos Empregados
Desconto
Filiação - Obrigatoriedade
Penalidades
Prof. Liberal Vínculo Empregatício
Quadro de Profissionais Liberais
Recolhimento
Relação dos Empregados
Consulta de Artigos
Galeria de Fotos


Assistência Jurídica
Colônia de Férias Guaratuba
Cursos Técnicos
Desconto | Medicamentos
Desconto | Estabelecimentos
Policlínica Capão Raso
Aposentados
Boletins Especiais
Call Centers
Convenções Coletivas
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel
Viva Voz - Edição Extra
Prestadoras de Serviço
Teleatendimento
Call Centers
Prestadoras de Serviço
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel

Ligue: (41) 3321.3800

Acordo Coletivo
Conciliação e Mediação de Conflitos
Empresas que Aderiram
Formulário de Reclamação
Informações Gerais
Nossas Normas
S.G.P.



BT CALL CENTER


PAGGO ADMINISTRADORA S/A


PAGGO ADMINISTRADORA S/A


EZENTIS


Oi S/A

17/05/2019
EZENTIS
NEGOCIAÇÕES DO ACT/2019, NÃO TÊM AVANÇO.






Nesta terça-feira, a bancada sindical dos sindicatos do Paraná e de Santa Catarina reuniu-se com os representantes da EZENTIS para negociar as tratativas do ACT 2019/2020.

Os Sindicatos reiteraram a proposta a respeito das cláusulas de reajuste salarial, vale refeição e demais benefícios pecuniários, reforçando a importância de novas cláusulas, como auxílio creche.

A Empresa ofereceu reajuste geral de 3,5% sobre os salários e benefícios, e recusou a incorporação de novas cláusulas no ACT.

Os representantes sindicais recusaram a contraproposta da empresa, pois além do reajuste proposto não alcança, nem ao menos, o INPC do período, que é de 4,6%. Ainda a empresa se nega a incluir no acordo novas cláusulas.

Os representantes da empresa se comprometeram a fazer a lição de casa e levar as reivindicações para avaliação interna e reapresentar uma contraproposta até 31 de maio. Em uma nova rodada de negociações.

Os sindicalistas reafirmam que não será permitido nenhum tipo de precarização aos trabalhadores. Estamos no aguardo da resposta da Empresa.


Filie-se ao seu Sindicato, juntos somos mais fortes!
NÃO DE OUVIDOS A BOATOS INFORME-SE COM O SEU SINDICATO