Certidão
Diretoria
Documentação Homologação
Estrutura
Quem Representamos
Quem Somos
Instruções para o Preenchimento
Anot. em Ficha ou Livro de Registro
Categoria Diferenciada
Concorrência Pública - Participação
Contribuição dos Empregados
Desconto
Filiação - Obrigatoriedade
Penalidades
Prof. Liberal Vínculo Empregatício
Quadro de Profissionais Liberais
Recolhimento
Relação dos Empregados
Consulta de Artigos
Galeria de Fotos
Assistência Jurídica
Colônia de Férias Guaratuba
Clube de Campo SINTTEL
Cursos Técnicos
Desconto | Medicamentos
Desconto | Estabelecimentos
Aposentados
Boletins Especiais
Call Centers
Convenções Coletivas
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel
Viva Voz - Edição Extra
Prestadoras de Serviço
Teleatendimento
Call Centers
Prestadoras de Serviço
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel

Ligue: (41) 3321.3800

Acordo Coletivo
Conciliação e Mediação de Conflitos
Empresas que Aderiram
Formulário de Reclamação
Informações Gerais
Nossas Normas
S.G.P.



HORIZONS


ALIANÇA SUL


ASSIM, CLARO QUE NÃO DÁ!


ACORDA VIVO!


TIM


PROPOSTA TIM


HUAWEI


PLANSUL

16/09/2018
ACORDA VIVO!
EMPRESA FAZ PROPOSTA INDECENTE E DESRESPEITA TRABALHADOR



A bancada dos trabalhadores da Fenattel, da qual o Sinttel-PR faz parte, rejeitou sumariamente proposta fora da realidade, que precariza o trabalho e quer introduzir itens da “deforma trabalhista”.

A VIVO não considerou a pauta de reivindicação, não atendeu demandas, não repõe perdas salariais e por outro lado traz precarização com redução salarial, piorando as condições de trabalho.

De um ano para cá a VIVO já reduziu as despesas consolidadas com pessoal, como você vê na tabela constante de seu balanço:


Para uma inflação oficial de 3,64% ela teve o desplante de oferecer 3% daqui há um ano.

Propôs um abono de 36% do salário e congela até maio do ano que vem os valores do Auxílio alimentação, cesta básica e demais benefícios. Quer congelar a locação de veículos, piora e muito a assistência médica, quer retroceder cláusulas como jornada de revezamento e divisor de 220 horas para o que tínhamos em 2015.

A empresa que obteve lucro exorbitante de R$ 4 bilhões em um semestre, usa sua criatividade para o mal, ao ofertar uma proposta insustentável, irreal e faz de conta que não reduz seu pessoal de ano para ano com as tais reorganizações produtivas.

LUCRO DA TELEFÔNICA DISPARA COM GANHO DE CAUSA NO STJ

Uma decisão favorável à empresa, para ela não pagar ICMS sobre os lucros, incluindo a despesa com PIS/Cofins, fez o lucro saltar 3,6 vezes.

Felizes os acionistas e os tributaristas! A VIVO deixa de pagar recursos que outras empresas pagam, saem verbas da saúde, educação e gastos sociais, sem que a empresa dê qualquer retorno social a seus empregados, como vemos em sua proposta, mas seu Ebitda subiu 45,6% no ano.

Após a indignação e recusa da Comissão de Negociação, a empresa resolveu marcar uma nova reunião para o dia 27/9 na promessa de buscar melhorar esta proposta. Fique atento.

SINTTEL/PR e TRABALHADOR, juntos somos mais fortes!