Certidão
Diretoria
Documentação Homologação
Estrutura
Quem Representamos
Quem Somos
Instruções para o Preenchimento
Anot. em Ficha ou Livro de Registro
Categoria Diferenciada
Concorrência Pública - Participação
Contribuição dos Empregados
Desconto
Filiação - Obrigatoriedade
Penalidades
Prof. Liberal Vínculo Empregatício
Quadro de Profissionais Liberais
Recolhimento
Relação dos Empregados
Consulta de Artigos
Galeria de Fotos


Assistência Jurídica
Colônia de Férias Guaratuba
Cursos Técnicos
Desconto | Medicamentos
Desconto | Estabelecimentos
Policlínica Capão Raso
Aposentados
Boletins Especiais
Call Centers
Convenções Coletivas
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel
Viva Voz - Edição Extra
Prestadoras de Serviço
Teleatendimento
Call Centers
Prestadoras de Serviço
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel

Ligue: (41) 3321.3800

Acordo Coletivo
Conciliação e Mediação de Conflitos
Empresas que Aderiram
Formulário de Reclamação
Informações Gerais
Nossas Normas
S.G.P.


14/05/2018
TELEFÔNICA/VIVO – EMPRESA INICIA PLANO DE DEMISSÃO VOLUNTÁRIA




Com o velho discurso utilizado por empresas que se juntam, para auferir mais lucros e baratear sua mão de obra, a Telefônica/Vivo apresenta mais uma desagradável surpresa aos seus colaboradores, extinguindo postos de trabalho com o argumento de que o “segmento enfrenta diversos desafios constantemente, e por isso, se faz necessário adequar nossa estrutura e organização para melhor capturar as oportunidades”.

O dito Acordo Sindical foi comunicado ao Sinttel/PR, 24 horas antes da divulgação interna aos colaboradores, sem a necessária análise, aprofundamento e discussão de possíveis melhorias no programa.

Segue abaixo o resumo da maldade unilateral:

- São elegíveis somente colaboradores administrativos da empresa, ou seja, não é extensivo aos colaboradores de Lojas Próprias, Call Center, Operação de Televendas e Campo.

- A adesão ao programa deve ser realizada no período de 14 a 16/5, por meio do preenchimento do Termo de Adesão. Os desligamentos dos trabalhadores que fizeram adesão, ocorrerão dia 04/06/2018.

- No dia 06/06, os colaboradores que aderirem espontaneamente ao processo de reorganização, mas não tiverem suas adesões aceitas por questões estratégicas de cada área, deverão receber por escrito o Termo de Recusa anexo a seu pedido.

- As regras previstas no programa serão incidentes apenas para os trabalhadores que fizerem a inscrição nos prazos e forma estabelecidos. A vigência do presente acordo sindical expira no momento em que forem realizadas todas as rescisões contratuais, sendo que as partes, apenas para fins de obediência à regra que estabelece a necessidade de fixação de prazo, definem que é de 60 dias o prazo de vigência, a contar da data de desligamento dos profissionais, 04/06/2018.

- Os trabalhadores que estiverem em férias ou em gozo de benefício previdenciário no prazo de inscrição, poderão manifestar desejo de participação no programa no primeiro dia após o seu retorno, respeitado o prazo de vigência do referido acordo.

BENEFÍCIOS

- Todas as verbas rescisórias legalmente previstas para a modalidade despedida sem justa causa, inclusive saque do FGTS e multa de 40% pela despedida imotivada;

- Recebimento de guias do seguro desemprego, considerando que o rompimento do contrato de trabalho decorre de necessidade de restruturação das empresas e que, neste sentido, ocorreria de qualquer forma;

- Garantia de recebimento de rescisão complementar a ser realizada após a celebração do ACT 2018/2019 da categoria, corrigindo os valores já pagos com os reflexos da negociação efetivada entre as partes, caso a projeção do aviso prévio indenizado termine após a data base de 1º de setembro;

- Indenização adicional, sem natureza salarial, relacionada ao tempo de casa em anos completos, conforme a seguir:

I. Valor correspondente a 0,50 salário-base por ano trabalhado;

II. A indenização adicional obedecerá um piso mínimo de 0,50 salário-base, independentemente do tempo de contrato de trabalho;

III. A indenização adicional obedecerá um teto máximo de 15 salários-base, independentemente do tempo de contrato de trabalho.

- Para os trabalhadores não elegíveis à Lei 9656/98 (benefício pós emprego), manutenção do plano de saúde custeado integralmente pela empresa, para o atual grupo familiar do ex-empregado, de acordo com suas escolhas vigentes dentro do programa de benefícios flexíveis, até 30/09/2018;

- Doação do aparelho funcional aos trabalhadores;

- Deixar de efetuar o desconto dos valores do VR/VA no mês do desligamento.


SINTTEL/PR e TRABALHADOR, juntos somos mais fortes!