Certidão
Diretoria
Documentação Homologação
Estrutura
Quem Representamos
Quem Somos
Instruções para o Preenchimento
Anot. em Ficha ou Livro de Registro
Categoria Diferenciada
Concorrência Pública - Participação
Contribuição dos Empregados
Desconto
Filiação - Obrigatoriedade
Penalidades
Prof. Liberal Vínculo Empregatício
Quadro de Profissionais Liberais
Recolhimento
Relação dos Empregados
Consulta de Artigos
Galeria de Fotos
Assistência Jurídica
Colônia de Férias Guaratuba
Clube de Campo SINTTEL
Cursos Técnicos
Desconto | Medicamentos
Desconto | Estabelecimentos
Aposentados
Boletins Especiais
Call Centers
Convenções Coletivas
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel
Viva Voz - Edição Extra
Prestadoras de Serviço
Teleatendimento
Call Centers
Prestadoras de Serviço
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel
Redes SIITEP
Telefonistas SINSTAL
Acordo Coletivo
Conciliação e Mediação de Conflitos
Empresas que Aderiram
Formulário de Reclamação
Informações Gerais
Nossas Normas
S.G.P.



TIM


UNION POWER


BTCC CONEXÃO CLIENTE


TELEFÔNICA/VIVO


EZENTIS


PLANSUL


PLANSUL


SINTETEL . SINDICATO NEGOCIA E GARANTE PPR NA DARUMA.


MTI


GRUPO CLARO

14/05/2018
TELEFÔNICA/VIVO – EMPRESA INICIA PLANO DE DEMISSÃO VOLUNTÁRIA




Com o velho discurso utilizado por empresas que se juntam, para auferir mais lucros e baratear sua mão de obra, a Telefônica/Vivo apresenta mais uma desagradável surpresa aos seus colaboradores, extinguindo postos de trabalho com o argumento de que o “segmento enfrenta diversos desafios constantemente, e por isso, se faz necessário adequar nossa estrutura e organização para melhor capturar as oportunidades”.

O dito Acordo Sindical foi comunicado ao Sinttel/PR, 24 horas antes da divulgação interna aos colaboradores, sem a necessária análise, aprofundamento e discussão de possíveis melhorias no programa.

Segue abaixo o resumo da maldade unilateral:

- São elegíveis somente colaboradores administrativos da empresa, ou seja, não é extensivo aos colaboradores de Lojas Próprias, Call Center, Operação de Televendas e Campo.

- A adesão ao programa deve ser realizada no período de 14 a 16/5, por meio do preenchimento do Termo de Adesão. Os desligamentos dos trabalhadores que fizeram adesão, ocorrerão dia 04/06/2018.

- No dia 06/06, os colaboradores que aderirem espontaneamente ao processo de reorganização, mas não tiverem suas adesões aceitas por questões estratégicas de cada área, deverão receber por escrito o Termo de Recusa anexo a seu pedido.

- As regras previstas no programa serão incidentes apenas para os trabalhadores que fizerem a inscrição nos prazos e forma estabelecidos. A vigência do presente acordo sindical expira no momento em que forem realizadas todas as rescisões contratuais, sendo que as partes, apenas para fins de obediência à regra que estabelece a necessidade de fixação de prazo, definem que é de 60 dias o prazo de vigência, a contar da data de desligamento dos profissionais, 04/06/2018.

- Os trabalhadores que estiverem em férias ou em gozo de benefício previdenciário no prazo de inscrição, poderão manifestar desejo de participação no programa no primeiro dia após o seu retorno, respeitado o prazo de vigência do referido acordo.

BENEFÍCIOS

- Todas as verbas rescisórias legalmente previstas para a modalidade despedida sem justa causa, inclusive saque do FGTS e multa de 40% pela despedida imotivada;

- Recebimento de guias do seguro desemprego, considerando que o rompimento do contrato de trabalho decorre de necessidade de restruturação das empresas e que, neste sentido, ocorreria de qualquer forma;

- Garantia de recebimento de rescisão complementar a ser realizada após a celebração do ACT 2018/2019 da categoria, corrigindo os valores já pagos com os reflexos da negociação efetivada entre as partes, caso a projeção do aviso prévio indenizado termine após a data base de 1º de setembro;

- Indenização adicional, sem natureza salarial, relacionada ao tempo de casa em anos completos, conforme a seguir:

I. Valor correspondente a 0,50 salário-base por ano trabalhado;

II. A indenização adicional obedecerá um piso mínimo de 0,50 salário-base, independentemente do tempo de contrato de trabalho;

III. A indenização adicional obedecerá um teto máximo de 15 salários-base, independentemente do tempo de contrato de trabalho.

- Para os trabalhadores não elegíveis à Lei 9656/98 (benefício pós emprego), manutenção do plano de saúde custeado integralmente pela empresa, para o atual grupo familiar do ex-empregado, de acordo com suas escolhas vigentes dentro do programa de benefícios flexíveis, até 30/09/2018;

- Doação do aparelho funcional aos trabalhadores;

- Deixar de efetuar o desconto dos valores do VR/VA no mês do desligamento.


SINTTEL/PR e TRABALHADOR, juntos somos mais fortes!