Certidão
Diretoria
Documentação Homologação
Estrutura
Quem Representamos
Quem Somos
Instruções para o Preenchimento
Anot. em Ficha ou Livro de Registro
Categoria Diferenciada
Concorrência Pública - Participação
Contribuição dos Empregados
Desconto
Filiação - Obrigatoriedade
Penalidades
Prof. Liberal Vínculo Empregatício
Quadro de Profissionais Liberais
Recolhimento
Relação dos Empregados
Consulta de Artigos
Galeria de Fotos
Assistência Jurídica
Colônia de Férias Guaratuba
Clube de Campo SINTTEL
Cursos Técnicos
Desconto | Medicamentos
Desconto | Estabelecimentos
Aposentados
Boletins Especiais
Call Centers
Convenções Coletivas
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel
Viva Voz - Edição Extra
Prestadoras de Serviço
Teleatendimento
Call Centers
Prestadoras de Serviço
Provedores
Telefonia Fixa
Telefonia Móvel
Redes SIITEP
Telefonistas SINSTAL
Acordo Coletivo
Conciliação e Mediação de Conflitos
Empresas que Aderiram
Formulário de Reclamação
Informações Gerais
Nossas Normas
S.G.P.

Atividades que são classificadas como Tele-Atendente / Tele-Operador.
A atividade exercida por estes trabalhadores estão dentro da família de operadores de telefonia em conformidade com a Classificação Brasileira de ocupações do MTE Código 4222. Os quais executam as atividades de tele-operador e de telemarketing ao mesmo tempo. As atividades exercidas na pratica do dia-a-dia, são aquelas constantes na descrição sumária das telefonistas, tele-operadores, monitores de tele-atendimento, operador de rádio chamada, operador de telemarketing ativo e receptivo e operador de telemarketing técnico.

Descrição sumária
Operam equipamentos, atendem, transferem, cadastram e completam chamadas telefônicas locais, nacionais e internacionais, comunicando-se formalmente em português e/ou línguas estrangeiras. Auxiliam o cliente, fornecendo informações e prestando serviços gerais. Podem treinar funcionários e avaliar a qualidade de atendimento do operador, identificando pontos de melhoria.

Atendem usuários, oferecem serviços e produtos, prestam serviços técnicos especializados, realizam pesquisas, fazem serviços de cobrança e cadastramento de clientes, sempre via tele-atendimento, seguindo roteiros e scripts planejados e controlados para captar, reter ou recuperar clientes.

Os trabalhadores exercem atividades diferenciadas representadas pelo SINTTEL-PR, conforme a certidão sindical expedida pelo MTE, portanto, o imposto sindical deve ser recolhido ao SINTTEL (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadores de Mesas Telefônicas no Estado do Paraná), FENATTEL (Federação Nacional dos Trabalhadores em Telecomunicações), CONTCOP (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Comunicação e Publicidade).

A representação não deve ser levada em consideração à atividade preponderante da empresa, mas a atividade realizada pelos trabalhadores.

Definição da palavra Call Center
Uma Central de Atendimento (Call Center em inglês / Call Centre em inglês britânico ou os atuais Contact Centers).

É composta por estruturas físicas e de pessoal, que tem por objetivo centralizar o recebimento de ligações telefônicas, distribuindo-as automaticamente aos atendentes e possibilitando os atendimentos aos usuários finais, realização de pesquisas de mercado por telefone, vendas, retenção e outros serviços por telefone, web chat ou e-mail.

Nas centrais de atendimento que usam tecnologias mais avançadas nas posições de atendimento (PA´s), os operadores contam com terminais de vídeos ou computadores ligados em rede que permitem consultar e efetuar registros das chamadas e dos atendimentos realizados.

Também são utilizados softwares que monitoram e/ou gravam as ligações telefônicas e controlam o fluxo das chamadas, fornecendo dados para o melhor gerenciamento dos recursos humanos e tecnológicos. As empresas ou corporações utilizam as centrais de atendimento como forma de interagir e criar relacionamento com seus clientes.

São atividades fazem parte do grupo de telefonia e telecomunicações.